Notícias

Buritizáveis prometem novas secretarias e administrações regionais

06
Set

Buritizáveis prometem novas secretarias e administrações regionais

Haja gabinete para abrigar todas as secretarias prometidas pelos candidatos ao Governo do Distrito Federal (GDF) nesta quarta-feira (5/9). Em busca de votos dos brasilienses, os buritizáveis prometeram criar pastas para atender os sindicatos, acolher portadores de necessidades especiais, gerir o sistema penitenciário e até para fortalecer a “família”. Também foram sugeridas uma nova administração regional em Ceilândia e uma agência especializada em empreendedores.

O candidato ao Buriti pelo MDB, Ibaneis Rocha, prometeu criar duas pastas, durante sabatina organizada pelo Sindicato de Servidores Públicos da Administração Direta (Sindireta-DF). O advogado trabalhista e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no DF (OAB-DF) disse que pretende instalar uma secretaria especializada no diálogo com os sindicatos e outra para atender as demandas de portadores de necessidades especiais.

Com o apoio de grande parte dos evangélicos, o candidato ao GDF Rogério Rosso (PSD) se comprometeu a criar, se eleito, a Secretaria da Família. A proposta foi divulgada em uma propaganda eleitoral nas redes sociais do PRB – legenda do candidato a vice, pastor Egmar Tavares, que é comandada pela Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo Rosso, por meio de políticas públicas, a pasta dará “atenção máxima a crianças, idosos, mulheres, pessoas com deficiência e os mais vulneráveis, tratando a todos como se fossem da nossa família”, explicou. Em agenda na tarde desta quarta-feira (5), o buritizável fez uma caminhada, por cerca de 30 minutos, na Rodoviária do Gama. Na ocasião, prometeu uma agência especializada para atender empreendedores “nos moldes das Agências do Trabalhador”.

Durante encontro com comerciantes de Ceilândia, a candidata ao Buriti pelo Pros, Eliana Pedrosa, propôs emancipar o Sol Nascente. “Vamos criar mais uma região administrativa. Por ser muito grande, precisa de uma série de obras, como escolas e unidades básicas de saúde. Precisamos de uma administração para ter o poder público mais presente”, explicou.

No último dia 27, Alberto Fraga (DEM) se reuniu com integrantes da Associação dos Defensores Públicos do DF e prometeu a Secretaria da Administração Penitenciária, que funcionaria desvinculada da Secretaria de Segurança Pública. Na quarta (5), o foco do coronel da reserva da PM foi representantes de sindicatos de distribuidoras e revendedoras de gás. No encontro, o buritizável disse que irá rever a política do governo local responsável por fechar vários depósitos no DF.

Candidato à reeleição, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) caminhou pelas ruas de Vicente Pires na manhã desta quarta (5). Durante o corpo a corpo, com direito a caixa de som, bandeiras e gritos de apoio dos cabos eleitorais, moradores e comerciantes abordaram o governador para reclamar da situação da região. Rollemberg prometeu investimentos em infraestrutura no local.

O buritizável Paulo Chagas (PRP) percorreu as ruas de Taguatinga e Ceilândia ao lado do candidato ao Planalto Jair Bolsonaro (PSL). Logo na largada, uma falha no planejamento da carreata provocou um encontro entre os apoiadores de Bolsonaro e Paulo Chagas com entusiastas da candidatura de Ibaneis Rocha ao GDF. Apesar do clima de disputa eleitoral, não houve hostilidade.

Fátima Sousa (PSol) e Júlio Miragaya (PT) participaram da apresentação da Plataforma da Política de Saúde Mental organizada pela Associação Brasileira de Enfermagem (Aben) em parceria com o Movimento Pró-Saúde Mental do DF e com a Rede de Atenção Psicossocial. Alexandre Guerra (Novo) fez corpo a corpo com eleitores na Feira do Guará. Os candidatos do PCO e PSTU, Renan Rosa e Guillen, não tiveram agenda pública na quarta (5).