Notícias

Maria de Lourdes Abadia vai assumir secretaria no GDF

25
Out

Maria de Lourdes Abadia vai assumir secretaria no GDF

                O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) fechou um acordo com o PSDB nacional e a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia vai entrar para o Executivo. Ela assumirá a Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos, criada especialmente para abrigá-la. Na área, vai cuidar dos assentamentos como Sol Nascente e Pôr do Sol, em Ceilândia, e Vila Buritizinho, em Sobradinho. Os detalhes serão tratados durante almoço nesta quarta-feira (25/10).

            A decisão foi tomada após uma conversa entre Rollemberg e o presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati, na terça-feira (24), no cafezinho do Senado. É considerada uma derrota do deputado federal Izalci Lucas, que vem comandando com intransigência a legenda no DF.

Com o embarque do PSDB na base governista, a tendência é de que o grupo mais alinhado com Abadia se fortaleça, já se preparando para 2018.


Izalci reage ao movimento de Abadia

        O presidente regional do PSDB, deputado federal Izalci Lucas, desautorizou o ingresso do partido no governo. Ao Metrópoles, o parlamentar disse que, na última segunda-feira (23), se reuniu com Tasso Jereissati, que lhe contou sobre os planos de Rollemberg. Segundo Izalci, Tasso teria dito ao governador que a parceria entre o PSDB e o PSB no Distrito Federal deveria passar pelo comando regional. O parlamentar contou ainda que, na noite de terça-feira (24), por volta das 22h30, recebeu um telefonema de Jereissati informando sobre a decisão de integrantes do PSDB em compor com Rollemberg.


“Se Abadia está precisando de salário, e de resolver problemas pessoais, ela que peça licença do PSDB, porque não há a menor possibilidade de o partido se unir a um governo com 90% de rejeição. É muita prepotência de Rollemberg achar que pode nos cooptar desta forma”, disparou Izalci.


O deputado disse que a Executiva regional vai se reunir para decidir como proceder numa situação dessas. Izalci não descarta uma eventual expulsão de Abadia dos quadros da legenda. “Não gostaríamos de chegar a esse ponto, mas temos de observar o que prevê o regimento numa circunstância como essa”, reforçou.


Perfil

        Abadia tem bastante experiência como gestora. Entre outras funções, assumiu o cargo de vice-governadora e também ficou à frente do Executivo em 2006, no lugar de Joaquim Roriz. No Parlamento, foi deputada distrital e federal. Ajudou a consolidar a maior cidade do Distrito Federal, Ceilândia. Em 1972, começou a trabalhar no Centro de Desenvolvimento Social (CDS), responsável pela integração dos moradores do novo núcleo habitacional. Logo foi convidada pelo governador Hélio Prates para assumir a Administração de Ceilândia. O nome do estádio Abadião é em sua homenagem.

  Está no PSDB há décadas. É considerada uma política séria e respeitada na cidade, com prestígio junto à Executiva nacional.